domingo, 28 de outubro de 2012

Besteiras “imortais” de Merval Pereira

http://jenipaponews.blogspot.com.br/
Por Altamiro Borges

Muitos “calunistas” da velha mídia estão com enxaqueca. Eles previram que as esquerdas - principalmente o PT - seriam derrotadas nas eleições municipais; que a liderança do ex-presidente Lula estava “definhando”; que Serra atropelaria o “poste” Fernando Haddad; e que o midiático julgamento do “mensalão” ressuscitaria a oposição demotucana. Erraram feio nas suas previsões – ou melhor, na sua torcida! Entre eles, um merece destaque pelas besteiras “imortais” que escreveu: Merval Pereira, o colunista das Organizações Globo.

Em junho, no artigo intitulado “O mito e os fatos”, publicado no jornal O Globo, ele escreveu: “O candidato do bolso do colete de Lula, o ex-ministro Fernando Haddad, continua sendo apenas isso, mais uma invenção do ex-presidente... Se juntarmos a redução da influência de Lula no eleitorado com a incapacidade demonstrada até agora por Fernando Haddad de ser um candidato minimamente competitivo, teremos uma eleição que sugere ser muito mais difícil para o PT do que parecia meses atrás”.

Na véspera do primeiro turno, Merval Pereira voltou a fazer suas “brilhantes” previsões. “A ‘mais complicada’ eleição paulistana pode acabar deixando de fora da disputa Fernando Haddad, o candidato que o ex-presidente Lula tirou do bolso de seu colete, outrora considerado milagreiro. Terá sido a primeira vez em que o PT não disputará o 2º turno na capital paulista, derrota capaz de quebrar o encanto que se criou em torno das qualidades quase mágicas do líder operário tornado presidente”.

O “imortal” da Academia Brasileira de Letras (ABL) não errou apenas nas suas avaliações sobre a eleição no Brasil. Ele também se destacou neste ano por ter anunciado a morte iminente do presidente da Venezuela. Em fevereiro passado, ele garantiu que “a saúde de Hugo Chávez pode afetar a eleição presidencial. Os últimos exames, analisados por médicos brasileiros, indicam que o câncer está em processo de metástase, se alastrando em direção ao fígado, deixando pouca margem a uma recuperação”.

Por estas e outras bravatas – que confundem jornalismo com torcida partidária –, Merval Pereira deveria ganhar outro prêmio da ABL: o de “imortal em besteiras” publicadas na velha imprensa nativa.

6 comentários:

Anônimo disse...


JANIO, A DOSIMETRIA
E A SUPREMA LAMBANÇA

Publicado em 28/10/2012
Artigo histórico reproduzido em http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2012/10/28/janio-a-dosimetria-e-a-suprema-lambanca/#comment-944081
(Como diz o amigo navegante, a dosimetria a gente vai conhecer na noite de domingo: Haddad 60, Zezinho Trinta 40. Jornalista Paulo Henrique Amorm)

O competente e impávido jornalista Jânio de Freitas está prestando uma colaboração inefável à história do Brasil!... Ninguém poderá acusá-lo de tendencioso, de modo análogo à acusação do ministro do STF Joaquim Barbosa em relação ao colega ministro revisor Ricardo Lewandovski!... Portanto, este texto ganha uma dimensão para além de extraordinária...
Parabéns, egrégio lúcido jornalista!
O verdadeiro e honesto povo trabalhador brasileiro agradece, penhoradamente!

Felicidades!

[EM TEMPO: mister se faz contemplar o nome do jornalista Paulo Moreira Leite, protagonista de um papel relevante neste momento histórico, demonstração de independência intelectual, conduta lapidar e exemplar!...]

Respeitosas saudações democráticas, progressistas, nacionalistas, antigolpistas e, portanto, civilizatórias,

BRASIL NAÇÃO - em homenagem ao ínclito jornalista brasileiro Janio de Freitas

Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Anônimo disse...

Mas até torcida por um cancer "se alastrar"...O tal merval é um completo idiota!

Anônimo disse...

Merval deveria passar de "Imortal" para "Imoral" da ABL.

Suas profecias e previsões têm a mesma força das do Walter Mercado. Aliás, os dois têm em comum o jaquetão.

Abs

Adriano disse...

hahahá! Muito bom, Miro!

Merval de besteiras imortais.

Francisco Aguiar de Oliveira disse...

Se a globo depender das análises políticas de Merval e Cristiana Lobo está lascada...Liquidada. Esse pessoal é muito ruim, são tendenciosos, parciais, partidários, etc.

Anônimo disse...

Pois é Miro, hoje na CBN ele disse que Lula foi o maior vitorioso da eleição, por ter conseguido eleger Fernando Haddad em São Paulo.
Ele e outros não conseguiram nem dormir à noite.