terça-feira, 4 de agosto de 2015

A prisão sem justificativa de Dirceu

Por Lúcia Rodrigues, na revista Caros Amigos:

A prisão do ex-ministro da Casa Civil do governo Lula, José Dirceu, detido pela Polícia Federal na manhã desta segunda, 3, em Brasília, na 17° fase da operação Lava Jato, batizada de Pixuleco, não se justifica, segundo o ex-procurador de Estado, Márcio Sotelo Felippe.

“Preciso ser convencido de que não se trata de uma arbitrariedade. Não há necessidade de prisão. Ele tem endereço certo. Não conheço as provas. Falo sobre o aspecto das liberdades fundamentais. A prisão preventiva de quem está cumprindo pena em regime semiaberto causa profunda estranheza. Pode ser mais um capítulo desse espetáculo do Estado policialesco, que vem criminalizando a política. Preciso ser convencido de que não se trata de uma arbitrariedade”, frisa.

Os ricos e o golpe no Brasil

Por Joaquín Piñero, no jornal Brasil de Fato:

A história nos ensina que sempre quando os ricos sentem seus interesses ameaçados, se articulam com seus representantes em todos os espaços de poder, criam uma situação de desestabilização política e o passo seguinte é a derrubada do poder constituído.

A mais recente manobra desse tipo foi o golpe militar de 1964. Naquele momento, o Brasil vivia sob um clima de pressão social para que houvesse mudanças na economia e na política a fim de favorecer a maioria da população excluída de seus mais básicos direitos.

Prisão de Dirceu desnuda a Lava Jato

Por Breno Altman, em seu blog:

A prisão preventiva do ex-ministro da Casa Civil não é apenas decisão arbitrária, sem provas e motivos razoáveis, o que já bastaria para ser fortemente questionada.

Além de estar sob regime de prisão domiciliar, à disposição da Justiça, os próprios procuradores alegam que a incriminação contra o líder petista está exclusivamente apoiada sobre duas delações premiadas cujas provas de verificação sequer foram colhidas.

Marcha das Margaridas pela democracia

Do site da UJS:

Em marcha pelo desenvolvimento sustentável, a democracia, justiça, autonomia, igualdade e liberdade. Esses serão sos temas que serão abordados durante a 5ª Marcha das Margaridas que ocorrerá nos dias 11 e 12 de agosto de 2015, em Brasília, Distrito Federal.

Maria das Neves,diretora de Jovens Feministas da UJS e coordenadora de Jovens Feministas da UBM, explicou ao Vermelho que esta marcha será a primeira mobilização de massas após o recesso do Congresso Nacional. Ela lembra que “é um momento estratégico para voltarmos com todo gás na ofensiva contra o conservadorismo, a redução da maioridade penal e todas as pautas retrógradas em tramitação”

Cunha x Dilma, o duelo de agosto

Por André Barrocal, na revista CartaCapital:

Agosto, mês de acontecimentos dramáticos na história política brasileira, reserva mais um episódio destinado a marcar a memória nacional. Um duelo entre duas autoridades da República, com desfecho imprevisível mas decisivo para o futuro do País. De um lado, Dilma Rousseff (PT), a presidenta. De outro, Eduardo Cunha (PMDB), o comandante da Câmara dos Deputados.

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

A bomba e a tímida reação do governo

Por Fernando Brito, no blog Tijolaço:

É impressionante a incapacidade de reação do governo brasileiro aos atropelos à democracia que estamos assistindo.

Em país algum do mundo, atirar uma bomba – não importa se caseira ou não – contra o escritório de um ex-presidente da República provocaria apenas umas “tuitadas” de solidariedade.

Pense o querido leitor se não estaria, minutos depois, no local, uma turma do FBI se a bomba tivesse sido arremessada, nos Estados Unidos, contra o Centro Carter ou a Fundação Clinton?

Merval Pereira e o ovo da serpente

Por Miguel do Rosário, no blog O Cafezinho:

Trecho de coluna de Merval de hoje nos faz lembrar o terrível filme de Ingmar Bergman, O Ovo da Serpente, sobre os primeiros sinais de nazismo na sociedade alemã.

*****

PROVOCAÇÃO

Por mais que os petistas e seus apaniguados nas redes sociais queiram transformar em grave ato terrorista a bomba caseira que atingiu a sede do Instituto Lula em São Paulo, é preciso ter cautela para caracterizá-lo dessa maneira. O filme da explosão, feito por uma câmera de segurança, é impactante. Mas quando se vê o resultado do “atentado”, a sensação é de que o teor explosivo do artefato era mínimo.

O buraquinho na porta de metal da garagem do prédio é tão ridículo que, se não soubéssemos que foi provocado por uma bomba, poderíamos achar que um motorista desastrado causou a mossa ao realizar uma manobra de marcha à ré.


Dirceu e Anastasia: preso e 'inocentado'

Por Eduardo Guimarães, no Blog da Cidadania:

Dirceu foi preso de novo, como já era amplamente esperado. E, como já se sabia que ocorreria, sem que ninguém conheça a razão. E antes que o fascismo hipócrita venha com “mimimi” sobre corrupção, lembremo-nos, aqui, de que o partido dessa gente, o PSDB, acaba de fazer uma conta que a Folha de São Paulo chamou de “pragmática”.

Prisão de Dirceu: agosto começou

Por Ricardo Kotscho, no blog Balaio do Kotscho:

Ex-ministro José Dirceu preso pela Operação Lava Jato em Brasília, acusado de ser o mentor e organizador do sistema de corrupção na Petrobras. Greves de ônibus no Recife e em Porto Alegre. Invasões do Movimento dos Sem Terra em prédios do Ministério da Fazenda em Brasília e no Recife.

No primeiro dia útil de agosto, antes da hora do almoço, já tivemos uma ideia do que nos espera. E o Congresso Nacional ainda nem tinha voltado a funcionar.

Dirceu e o show judicial-midiático

Por Altamiro Borges

Agosto, "o mês do cachorro louco", começou com ferocidade. A midiática prisão do ex-ministro José Dirceu, na manhã desta segunda-feira (3), mostra que o período será de intensa turbulência política. O Tribunal de Contas da União (TCU), apesar de estar mais sujo do que pau de galinheiro, deverá se pronunciar sobre as contas do governo Dilma em 2014. Já o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dará o seu veredito sobre os gastos de campanha pela reeleição da petista. E a Operação Lava-Jato, que une suspeitos agentes da Polícia Federal e do Ministério Público, seguirá produzindo seus factoides. Toda esta orquestração ajuda a incendiar o clima para as marchas golpistas convocadas para 16 de agosto.

Merval, a bomba e a bolinha de papel

http://ajusticeiradeesquerda.blogspot.com.br/
Por Paulo Nogueira, no blog Diário do Centro do Mundo:

De uma coisa Merval Pereira, apaniguado dos Marinhos, não pode ser acusado: coerência.

No infame episódio do Atentado da Bolinha de Papel, ele publicou imediatamente um artigo em que chamava a atenção para a gravidade do episódio.

A bolinha de papel, no texto de Merval, era um “artefato”.

Dirceu e a Operação Pixuleco

Por Renato Rovai, em seu blog:

É impressionante como a Polícia Federal age atualmente sobre completo controle da pauta dos piores veículos de comunicação. A operação de hoje, denominada de Pixuleco, é a demonstração mais clara deste compromisso.

A palavra teria sido utilizada por Ricardo Pessoa, da UTC, um dos delatores, e atribuída ao ex-tesoureiro do PT, João Vaccari. Não há nada relacionado desse termo com José Dirceu ou com aos que devem ser presos hoje. Mas não importa. Vale a narrativa e não os fatos.

A bomba que ninguém quer ver


Por Paulo Moreira Leite, em seu blog:

Apenas uma anestesia nacional pode explicar o tratamento burocrático, próximo da indiferença, diante da bomba que explodiu na porta da garagem do Instituto Lula.

Compreende-se que parasitas que torcem desesperadamente por um possível golpe de Estado para afastar um governo eleito democraticamente tentem fingir que nada percebem e nada enxergam. É seu papel no jogo: desarmar, esconder, mentir. Tentam esconder o jogo sujo - sem deixar de fazer sua parte.

domingo, 2 de agosto de 2015

A lógica perversa da austeridade fiscal

Do blog de Zé Dirceu:

Os novos cortes que o governo promoveu no Orçamento Geral da União, divulgados ontem (30), atingem basicamente obras do PAC, as áreas de Saúde e Educação. Mais da metade dos cortes foram em obras do PAC. Menos investimento público, mais recessão e queda da arrecadação. Com mais juros: a Selic subiu 0,5% quarta-feira, assim teremos mais gastos com juros da dívida. Essa é a lógica da austeridade e, no nosso, caso o ajuste fiscal é agravado pelo ajuste monetário.

Os tucanos tornaram-se golpistas

Por Emir Sader, na Rede Brasil Atual:

FHC sempre se sentiu filiado à social-democracia europeia, antes de tudo à francesa, de Mitterrand, depois à espanhola, de Felipe Gonzalez. Os tucanos estavam dentro do PMDB, disputando espaço em São Paulo com o Quércia. Tentaram lancar a candidatura do Antonio Ermírio ao governo do Estado. Perderam, se deram conta que não tinham condições de disputar o partido com Quércia e saíram.

A construção do Despotismo Ocidental

Por Boaventura de Sousa Santos, no site Outras Palavras:

A Europa transformou-se num laboratório do futuro. O que nele se experimenta deve causar preocupação a qualquer democrata e, muito mais, a qualquer pessoa de esquerda. Duas experiências estão em curso em ambiente laboratorial, isto é, supostamente controlado. A primeira experiência é um teste de stress à democracia. A hipótese que orienta o teste é a seguinte: a deliberação democrática de um país forte pode sobrepor-se antidemocraticamente à deliberação democrática de um país fraco sem que tal altere a normalidade da vida política europeia.

Jornais minimizam gravidade do atentado

http://pigimprensagolpista.blogspot.com.br/
Por Tereza Cruvinel, em seu blog:

É notável o empenho dos veículos de comunicação em minimizar a importância do ataque a bomba contra o Instituto Lula. A gravidade do fato não está na qualidade ou potência do artefato explosivo e sim na sua natureza, na expressão de ódio e intolerância para com a corrente política que o ex-presidente da República representa.

O fascismo não chegará. Ele já está!

Por Alberto Kopittke, no site Carta Maior:

Observação inicial: escrevo esse texto “inspirado” pelo vídeo de um jovem que agoniza baleado no chão sendo xingado e que está disponível na minha página do Facebook. O vídeo possui centenas de comentários de apoio e celebração.

O fascismo não é a chegada de um líder de massas ou um Partido, com um projeto totalitário ao poder. Ele é antes de tudo um estado de espírito da sociedade.

Os 11 princípios de Goebbels e o PIG

Do Jornal GGN:

Enviado por ocator

Comentário ao post "Por um PGR que respeite o Ministério Público"

Conhece Joseph Goebbels, o violento ministro de propaganda de Hitler? Estes são os 11 princípios que levaram o povo alemão a tentar exterminar à humanidade:

A bancada da pizza da CPI do HSBC

Por Conceição Lemes, no blog Viomundo:

No Brasil, Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) contra os poderosos de direita, invariavelmente apoiados pela grande mídia, não emplaca. Quando se torna realidade, morre por conluio entre parlamentares e os setores envolvidos, manobras ilícitas e lícitas, inclusive covardia.

Cercada de muita expectativa, a CPI do HSBC teria a oportunidade de investigar e mostrar que muitos dos que hoje esbravejam “abaixo a corrupção” esconderam fraudulentamente bilhões no HSBC Private Bank, em Genebra, Suíça. Segundo dados divulgados no início de fevereiro deste ano, 8.867 correntistas do Brasil, titulares de 6.606 contas secretas no HSBC suíço, tinham aí depositados cerca de US$ 7 bilhões, de 9 de novembro de 2006 a 31 de março de 2007.